Meu Homeschool

Blog

Homeschool bilíngue, como começar?

Homeschool bilíngue, é possível?

Você é ou conhece uma família bilíngue? É muito comum, quando se tem familiares morando fora ou se um dos pais veio de um outro país, que a família opte por uma educação bilíngue desde o berço e, com certeza, se ambos os pais dominam outro idioma, fica muito fácil para as crianças acompanharem este processo. Mas, e caso você não seja um estrangeiro ou nem mesmo fluente em Inglês? Ainda assim é possível treinar seus filhos para uma educação bilíngue? Quais as vantagens de promover o bilinguismo infantil no Homeschool?

Existem algumas formas de adaptar o inglês, ou outro idioma de sua preferência, ao cotidiano de seus filhos, vamos apresentar essas maneiras e falar sobre suas vantagens.

- Estudar todas as matérias nos dois idiomas escolhidos!

Sim, você pode estudar o inglês ao aprender fonética, leitura e escrita, juntamente com o português. Não se preocupe, seu filho terá a capacidade de discernir entre os dois idiomas com o passar do tempo. Nesse estilo de aprendizado bilíngue as crianças devem ser alfabetizadas nos dois idiomas simultaneamente e para isso acontecer você pode contar com a ajuda de diversas plataformas estrangeiras, elaborar seu próprio material ou conseguir um tutor de idiomas individualizado que auxilie seu filho nesse processo. 

- Usar um idioma para dentro de casa e outro para fora

Você não precisa ser um falante nativo de um idioma para apoiar seu filho no aprendizado dele, mas claro, se você escolher criar filhos fluentes em inglês desde pequenos morando no Brasil, por exemplo, eles vão precisar de espaço para praticar. Algumas famílias optam por utilizar o ambiente da casa para ensinar e incentivar um único idioma para os pequenos, o idioma familiar, ou seja, inglês, espanhol, francês, etc e o português, por ser o idioma falado fora do ambiente doméstico, será aprendido naturalmente no convívio social das crianças com os vizinhos, amigos e parentes. Nesse caso, o conteúdo estudado dentro de casa acaba seguindo o mesmo padrão, focando em um único idioma.

- Introduzir o idioma aos poucos desde a primeira infância

Por último, mas não menos importante, você pode optar por introduzir o idioma novo como uma matéria desde cedo, seu filho não precisa estar alfabetizado ainda para ter esse contato e quanto mais nova uma criança for apresentada a uma nova língua mais rápido irá dominá-la. Como algumas famílias ainda não sentem segurança em falar outros idiomas, acabam escolhendo por inseri-lo como uma matéria, no cotidiano do Homeschool e ensinar as crianças o novo idioma de forma esporádica em meio a outros assuntos.

Para todos os casos é importante frisar que os pais não precisam estar sozinhos no caminho do bilinguismo infantil, muitas pessoas contam com serviços de tutorias individualizadas, algumas voltadas especialmente para Homeschoolers, como é o caso da One Oh One, onde o idioma é apresentado aos pequenos de forma assertiva, respeitando a individualidade do aluno e guiando o pequeno estudante desde cedo. Com a ajuda de um tutor experiente, os pais podem focar em ministrar as outras matérias sem deixar de garantir que seu filho esteja desenvolvendo um cérebro bilíngue desde cedo.